quinta-feira, 22 de maio de 2008

Silêncio...


E aqui apresento um dos mais belos textos que eu já escrevi. Não preciso dizer mais nada; a própria reflexão é completa por si mesma.


O SILÊNCIO

Diante de ti, na mais completa ausência das palavras, às vezes me sinto angustiado por não ouvir ou saber as tuas respostas, ou por não compreender o grande enigma que constitui a tua essência. Tu és cercado de mistérios, mas não tens vergonha de mostrar-te em qualquer canto, seja ele qual for. Não me dizes nada, mas ao mesmo tempo parece me dizer tudo.

O teu encantamento é o teu ocultamento que me atrai e me seduz sem pestanejar, enquanto busco razões profundas para decifrar-te.

Silêncio...

O teu tempo pode ser num piscar de olhos ou pode ser imortal; não há quem o determine. No entanto, és a melhor resposta para conflitos, para reflexões, para interpretar o que palavras de amor ou ódio não conseguem dizer.

O silêncio é a minha melhor companhia e a minha melhor resposta...


Por: Roberto Borges (autor deste blog)

2 comentários:

Eduardo disse...

Amigo eu já tinha visto esse texto seu em outra oportunidade mas não posso deixar de dizer aqui que adoro suas palavras, são muito intensas...demorou mais esse text aí pra complementar teu blog q tah show de bola...abração amigow

duduvip disse...

quero deixar claro q a foto tah a cara do Johnny Depp hehehehehe